Promoção imperdível: tênis Urbann Boards e Roadie Crew

Live Evil
KORN - Pepsi On Stage (POA/RS)
Live Evil
SETFIRE FEST - Mauá (SP)
Live Evil
KORZUS - SESC Santo André
Live Evil
MADBALL - Tropical Butantã (SP)
Live Evil
BUSIC - Campinas (SP)
Live Evil
VIPER DAY - Manifesto Bar (SP)
Live Evil
WOSLOM / DIVIDE - Espaço Som (SP)
Live Evil
THE ATOMIC BITCHWAX - Clash Club (SP)
Live Evil
KING BIRD / ATTRACTHA / KING OF BONES (SP)
Live Evil
GRAVE DIGGER - Carioca Club (SP)
Próxima
Qual banda do cast do Maximus Festival você mais quer ver?
Linkin Park
Prophets of Rage
Slayer
Rob Zombie
Ghost
Five Finger Death Punch
Hatebreed
Böhse Onkelz
Red Fang
Pennywise
Nem Liminha Ouviu
Rise Against
Dead Fish
The Flatliners
Oitão
27 de Abril 2017
RSS

10/04/2017
15:19 Live Evil



BUSIC
Sebastian Bar - Campinas (SP)
7 de abril de 2017
Por Antonio Carlos Monteiro / Fotos: Cristina Mochetti

O Dr. Sin fez o primeiro show após o lançamento de seu excelente e infelizmente último disco Intactus no Sebastian Bar, em Campinas. Meses depois, anunciou o final de suas atividades e o encerramento da turnê aconteceu também em Campinas, dessa vez numa concorridíssima apresentação gratuita na Concha Acústica do Parque Taquaral. Assim, não causou espanto quando o primeiro show da banda Busic, nova formação dos irmãos Ivan e Andria, estreasse também em Campinas, novamente no Sebastian Bar.

Quem conhece a competência dos irmãos Busic por seus trabalhos anteriores (desde o Platina, lá nos anos 80, até o aclamado Dr. Sin) sabe que o talento e o profissionalismo da dupla jamais faria com que algum trabalho deles fosse menos que excelente. E quem ouviu o recém-lançado álbum "Busic", primeiro trabalho da nova banda, já conferiu isso. Hard rock eficiente, com belos riffs e refrãos grudentos, além de toques de blues e (por que não?) de música pop fazem parte da nova mistura que sai do caldeirão dos Busic. E com um detalhe interessante: as letras são em português e muitíssimo bem sacadas – os temas vão desde memórias do passado, passam por reflexões sobre a realidade em que vivemos e chegam até a terrível violência doméstica contra a mulher, abordada com rara felicidade em "Escrava do Medo", todas escritas com esmero e talento. Ou seja, o problema não é produzir letras em português, mas como fazer isso...



Restava ver como isso ia ficar ao vivo. Quem foi ao Sebastian na noite de 7 de abril teve a comprovação. Após a abertura com uma banda cover do Mr. Big, ficou evidente que a banda Busic é mais um gol de placa de Andria e Ivan. Com Zeca Salgueiro na guitarra base e nos backing vocals e com a presença do guitarrista convidado Jaeder Menossi (da banda Pop Javali; os Busic estão em plena fase de escolha de seu novo guitarrista), o grupo de cara mandou uma sequência longa apenas de temas do novo disco, o que prova que acredita no trabalho que acabaram de lançar – alguma banda menos autoconfiante iria mesclar várias músicas já conhecidas entre as novas como forma de se garantir junto ao público.



Porém, praticamente toda a primeira parte da apresentação teve apenas temas de Busic, o que serviu para confirmar algumas coisas: a banda consegue ser mais furiosa ao vivo do que em disco, mas preserva os detalhes e as nuanças que fazem de seu trabalho algo único; Ivan e Andria têm um bom humor imbatível em cena; os novos temas trazem tudo aquilo que é necessário para conquistar o público; Jaeder se mostrou um guitarrista talentosíssimo e que se encaixou à perfeição no time; e Ivan provou que também é um vocalista sensacional, como mostrou na bluesy "Na Estrada", uma das mais legais do disco novo. Bola fora só do atrapalhado Zeca, que teve uma corda da guitarra quebrada no meio da apresentação e resolveu trocá-la ali, na hora. Perdeu alguns minutos antes de fazer o óbvio: usar outro instrumento enquanto os roadies cuidavam da troca. Em outro momento, ele precisou ser alertado por Ivan que seu instrumento estava desafinado...



Porém, isso é detalhe perto do que foi o show. "Cilada", as já citadas "Escrava do Medo" e "Na Estrada", a tocante "Canção para Julie" e a forte "SOS Amanhã" foram alguns dos destaques antes de a banda atacar uma versão corretíssima de "You Shook Me all Night Long", do AC/DC. A banda ainda mostrou alguns temas do Dr. Sin (como "Time after Time" e "Miracles", ambas do disco "Dr. Sin II", de 2000), não sem antes surpreender com "Me Dê Sua Mão", música do disco "Rosa Branca" (1991), da banda Taffo, num inesperado e interessante resgate.

O encerramento, com a plateia na mão, foi com "Ação e Reação", tema que abre o disco Busic. Se "Busic", o disco, funcionou perfeitamente na opinião de crítica e público, Busic, a banda, provou que ao vivo tem tudo para repetir o sucesso que Ivan e Andria já experimentaram em suas carreiras. Agora, é esperar o show passar aí perto de onde você mora e ir lá conferir.



Roadie Crew copyrights © 2011 - All Rights Reserved - Todos os Direitos Reservados - Melhor visualizado em 1024x768